quarta-feira, 27 de março de 2013

O aniversário é meu, mas quem ganha presente é você!

Boa noite amig@s
Passando por uma razão especial. No dia primeiro de abril será meu aniversário. Não é mentira!!!! Confesso que aniversário é uma data complicada, sempre fico deprê sem nenhum motivo. Não tenho problemas com a idade, acho que fico mais sensível mesmo. Lembro que tive crise aos 29, mas se até a Sandy teve, por que eu não poderia ter? Farei 31 anos (aiiiiii) com muita alegria por ter encontrado tantos amigos aqui. E para comemorar quero dar de presente, meus dois e-books a um seguidor do blog, o que acham? Para você participar do sorteio, é só ser seguidor do blog e comentar este post dizendo que gostaria de ganhar. Junto coloquem o e-mail para eu enviar os livros. Fácil né? Não gosto daqueles sorteios difíceis com várias etapas, me dá uma canseira, heheheheh. 
Então, no dia do meu aniversário vou sortear um seguidor.  Não me deixem sozinha tá? Fico carente no aniversário... mesmo quem já tem os livros, se inscrevam, hehehhehe. Beijos

_X_

segunda-feira, 25 de março de 2013

Cheesecake com Philadelphia fake

Boa tarde amig@s

Semana passada fiz o "creamcheese fake", e muita gente adorou a ideia. Eu também, hehhehe. Como não tenho costume de comer pão, fiquei sem muitas opções de uso. Então testei um cheesecake para ver se ficaria igual a versão original. Gente, ficou uma delícia. Não perde nada para o cheesecake feito com o Philadelphia. Espero que vocês gostem.


















quinta-feira, 21 de março de 2013

Macarrão de crepe

Bom dia amig@s,

Quem acompanha o meu Instagram, viu que comprei alguns DVDs do Jamie Oliver. Para quem não conhece, ele é um chef inglês que busca descomplicar a culinária. Adoro suas receitas e mesmo não sendo um chef low carb, é possível adaptar suas receitas! Não é nenhuma receita diferente. Mas é um jeito diferente de comer ovos. O crepe é do Jamie, mas o molho é meu, ok? Espero que gostem dessa dica.






quarta-feira, 20 de março de 2013

Philadelphia de indução

Bom dia amig@s

Todos sabem que durante a Dieta de indução, não é recomendado comer queijo branco. No entanto, com nosso jeitinho brasileiro, sempre damos um jeitinho, hehehehhe. A amiga Néri, me chamou e contou dessa receita. Na hora fiquei interessada, pois quando uso o creme cheese nas receitas, fico sempre com um pouco de culpa, por não ser muito recomendado. Além do fato de custar quase 5 reais cada caixinha de 150g, um absurdo!! Assim, ontem, peguei minha curiosidade e fui para a cozinha. O pior foi esperar de um dia para o outro para ficar pronto. Agora que está devidamente "experimentado" e aprovado, vim dividir a receita com vocês. Espero que gostem!!




sexta-feira, 15 de março de 2013

O que a indução pode fazer por você...

Bom dia amig@s

Há 20 dias, uma menina muito querida, me mandou um e-mail que tocou o meu coração. Não foi a primeira, confesso que tenho coração mole... hehehhe. Como já aconteceu de me pedirem ajuda e depois sumirem sem nem dar satisfação, meu coração está ficando mais resistente, mas ela foi bastante convincente, então hoje vim contar o resultado de uma historia feliz!! Antes de contar a história da Joana, quero falar que é fundamental que todos leiam o livro do Dr. Atkins, bem como, tenham sempre a mão a planilha de indução (foto abaixo) que minha amiga Nadja cedeu tão gentilmente. A indução é a fase mais IMPORTANTE da dieta. É a fase que vai corrigir o seu metabolismo, e para isso, é preciso um choque, que é a Dieta de indução (conhecida como sendo a primeira fase da dieta Atkins). Vou falar da Joana e depois conversamos mais sobre a indução, ok?
Dia 24 de fevereiro recebi um e-mail com o título "Uma fã de Portugal", hehehehhehe. Fiquei curiosa, adorei a coisa da fã. Disse que seu nome era Joana e que descobriu o meu blog em suas pesquisas sobre dietas. Mesmo não sendo obesa, estava precisando de ajuda para recuperar seu corpo. Vejam o que ela me contou...


"O meu nome é Joana, sou portuguesa, e descobri o seu blog nas minhas pesquisas por regimes alimentares que me pudessem ajudar. Para perceber a minha história há um ano aproximadamente foi-me diagnosticada uma depressão para a qual fiz tratamento com medicamentos anti-depressivos. Esses medicamentos aumentaram muito o meu apetite de forma incontrolável (se eu já gostava de comer imagine!) de tal forma que aumentei de 50 para 65 kg em apenas um mês! [...] Como disse antes não são valores muito elevados e se antes eu estava magra de dar pena agora minha fisionomia mudou muito e pareço um balão...não sei se é efeito colateral da medicação mas fiquei mesmo muito inchada embora de acordo com os médicos eu esteja com o peso ideal para a minha altura. Nunca fui de me pesar, na verdade se o fazia uma vez por ano era muito e só quando ia ao médico. O problema é que não me sinto bem, sinto as pernas muito pesadas, a barriga muito para fora que até minha família e amigos chamam a atenção. Numa avaliação que fiz num ginásio me disseram que o meu problema é que 40% do meu peso é só gordura! Fiquei chocada! Tentei fazer ginástica mas a medicação me deitava muito abaixo, não tinha resistência nenhuma e acabei por desistir. Controlar a comida era muito difícil porque estou sempre em casa fazendo a minha dissertação e a compulsão de comer era muito forte. Agora estou deixando a medicação aos poucos com a ajuda do meu médico e quero voltar à minha forma (não aos 50kg que também é de menos!) e perder a gordura toda. [...] 

Durante quinze dias, Joana fez perguntas, me enviou seu cardápio, me contou de sua vida, sua cidade e fico muito agradecida com a confiança que depositou em mim. Dei alguns puxões de orelha, mas posso dizer que ela foi bastante determinada e não tentou "barganhar" a dieta. Pedi que ela falasse mais um pouco sobre sua vida para fazer este post, ela concordou (para mostrar como a dieta funciona) e contou mais um pouco da sua vida...

Tenho 25 anos (faço 26 em Maio), altura 1,66. Sou estudante, mas há um ano estava trabalhando numa loja de shopping para pagar os estudos e foi aí que surgiu a depressão que me fez perder muito peso e cheguei aos 49kg. Depois de ser vista por psiquiatra iniciei tratamento medicamentoso com dumyrox e mirtazapina o que me aumento MUITO o apetite e me dava MUITO sono (ao ponto de adormecer em qualquer lado. Rapidamente cheguei aos 65kg mas pior que isso foi saber que 40% era só gordura! Comecei por deixar de comer arroz, batata, macarrão e pão só uma vez por dia, assim como a fruta, e só de manhã! Segui uma espécie de dieta que uma tia minha seguiu para perder peso e que com ela resultou muito bem (mas também tinha medicamento a ajudar). Foi a nutricionista dela que elaborou e eu podia me encher de queijo e iogurte mas fruta e pão só de manhã. Mas à mínima tentação lá voltava eu a comer de tudo como se não houvesse amanhã, e essencialmente doces. Hoje já não sinto tanta falta de doces (mas claro que volta e meia bate saudade) e não passo fome. Até a sua panqueca de canela eu troquei por panqueca de óregano com queijo e fiambre porque me dá mais vontade de salgado. Depois do jantar que é quando faz mais falta o doce, a gelatina funciona muito bem ou então uma barrinha atkins. Já não sinto as pernas tão pesadas e mesmo não fazendo muito exercício (eu sei, culpada) me sinto mais à vontade com o corpo e perdi o volume que você viu!



Eu sei que vocês vão ficar curiosas e vão me perguntar sobre o cardápio da nossa amiga Joana. Segue o que nossa amiga comeu nos seus 15 dias de indução:


IMPORTANTE:

O mérito é todo da Joana, eu só dei uns puxões de orelha!
Ela emagreceu porque teve força de vontade e determinação. Em nenhum momento ficou barganhando um docinho.
Em alguns momentos fui DURA com ela e mesmo assim a Joana não se ofendeu e nem desistiu!
Se você quer emagrecer, PENSE MAGRO!
Foque no que você pode comer (tabela de indução) e não no que você NÃO pode comer!


SOBRE A INDUÇÃO:

"A dieta de indução é corretiva. Tem como principal objetivo corrigir, com a maior rapidez possível, o metabolismo desbalanceado. Nenhum desbalanceamento pode ser corrigido adicionando-se balanceamento; isso só pode acontecer contrabalançando-o com uma correção desbalanceada". 

A dieta de indução fará por você o seguinte: 

1. Mudará eficientemente seu corpo, do estado de metabolismo que queima carboidratos para o de metabolismo que queima gordura (a sua!). 
2. Estabilizará seu nível de açúcar e eliminará bruscamente uma infinidade de sintomas de hipoglicemia, que causam fadiga, alterações de estado de ânimo, confusão mental, períodos de fraqueza e coisas assim.
3. Acabará, através de abstinência, e não de moderação, com  suas ânsias por determinados tipos de comida. 
4. Romperá com padrões de alimentação viciantes em chocolate, açúcar, derivados de trigo ou milho, álcool, cafeína, glúten de cereais ou qualquer produto em que esteja viciada ou ao qual desenvolveu alergia. 
5. Fará com que você experimente, em primeira mão, o que é vantagem metabólica. 
6. Demonstrará quanta gordura você poderá queimar, ao mesmo tempo em que come à vontade, até mesmo luxuosamente.

É importante relembrar as regras da Dieta de Indução:

1. A dieta não deve contar mais de 20 g de carboidratos por dia. No caso da maioria das pessoas, a indução da cetose/ lipólise pode ser conseguida com esse consumo, que permite, aproximadamente, 3 xícaras de verduras de salada (frouxamente arrumadas, não compactas) ou 2 xícaras de salada comum, mais 2/3 de xícara de verduras cozidas na categoria abaixo de 10% de carboidratos. 

2. Você não está mais numa dieta quantitativa. Por isso mesmo, deve ajustar a quantidade ao apetite. Quando estiver com fome, coma o volume que o deixe satisfeito, sem se sentir empanzinado. 

3. Está, contudo, em uma dieta qualitativa. Isso significa que se o alimento não está na dieta, não deve absolutamente ingeri-lo. A racionalização "só esse pouquinho não vai fazer mal" é o beijo da morte nesta dieta. Viciados vão descobrir que esta regra constrói rapidamente caráter. 

4. A dieta consistirá de proteínas puras (não muitas delas existentes na natureza, contudo), gorduras puras (isto significa que manteiga, azeite de oliva e maionese são permitidos) e combinações de proteína e gordura (esta é a viga mestra da dieta). Nela não estão alimentos que são proteína-e carboidrato e gordura-e-carboidrato, porque os carboidratos estão fora desta dieta. 

5. Utilizando uma tabela de contagem de gramas de carboidratos, podemos descobrir outras combinações que totalizam menos de 20 g dos mesmos. Podemos usar alimentos como nozes, sementes, azeitonas, abacate, queijos, creme de leite e leite azedo, limão e suco de lima e alimentos de dieta com baixo teor de carboidratos. Mas não suponha que esses alimentos têm baixo teor, a menos que conheça com absoluta certeza o conteúdo de carboidrato na porção que está comendo. Na tabela Contagem em Grama de Carboidratos darei o conteúdo de carboidratos, em gramas, dos alimentos que você poderá incluir na dieta de indução de 14 dias, bem como nos níveis, mais liberais, da dieta que estará observando quando seguindo seu piano de regime por toda a vida.


Tabela de alimentos Permitidos na Dieta de Indução

Fonte: Nadja Soresine (Atkins Flex)

Leia também: ABC da Indução

*Antes de publicar este post, ele foi enviado à Joana que autorizou a publicação.

quinta-feira, 14 de março de 2013

Quibe assado de berinjela

Bom dia amig@s

Ontem vi uma receita no blog Panelaterapia, que encheu minha boca de água. Como a receita não era low carb, fiz as alterações necessárias. Vou confessar que, se tivesse colocado um limão, eu comeria como um quibe cru, porque ela é melhor crua...mas como tem muita gente (meu marido é um) que não é "vampira" como eu, então coloquem para assar. Espero que gostem.

















quarta-feira, 13 de março de 2013

Barrinhas para indução

Boa tarde amig@s

Depois que postei a barrinha de cereais semana passada, muita gente me perguntou se teria uma versão para a indução. Assim, pelos meus seguidores, tentei elaborar uma barrinha com os ingredientes permitidos na indução. Conversei com a Suian, do blog Cozinhando em Atkins, e  sugeri que ela também fizesse uma barrinha de indução, pois duas cabeças pensam mais do que uma, não é? O resultado, foi a criação de duas barrinhas de cereais diferentes. A receita da Su (clique aqui) também ficou ótima, ela fez com whey, como eu não tinha mais whey, eu fiz com o psyllium. Espero que aproveitem.







quinta-feira, 7 de março de 2013

Barrinhas de cereal low carb

Bom dia amig@s,

Às vezes estamos enjoados de comer as mesmas coisas, né? O que levar para o trabalho, é uma pergunta que todos se fazem. Já vi a amiga Nadja fazer barrinhas de cereal, fiquei com água na boca,  mas não segui a receita, pois não tinha os mesmos ingredientes dela. Por isso, use a receita deste post como um "norte" para a sua própria barrinha. Você precisa misturar farelos, amêndoas e sementes permitidas de acordo com a sua fase da dieta. O coco flocado também tem seu valor. E para dar a liga, você precisa colocar manteiga e algum óleo saudável e prensado a frio como o óleo de coco, abacate, etc. Se preferir, pode acrescentar alguma essência. Mas não esqueça do adoçante, ok? 


Comente aqui ou me mande por e-mail como você fez a sua barrinha de cereal, ok?
Beijocas!!!

quarta-feira, 6 de março de 2013

1 Encontro Atkins Flex - São Vicente 2013

Bom dia amig@s,
Sumidinha aqui? sim, mas por um bom motivo. Primeiro estou fazendo uma dieta um pouco mais básica, com receitas que já conheço, muitos ovos e carnes para destravar a balança. As vezes precisamos voltar para a indução, é triste, mas é a realidade, heheheh. Segundo, porque estava com a cabeça no 1o Encontro Nacional Atkins Flex, que aconteceu em São Vicente nos dias 2, 3 e 4 deste mês (março/2013). Quem me segue já sabe que faço parte do grupo do facebook Atkins Flex, e ficamos tão amigas que resolvemos nos encontrar. Gente, foi MARAVILHOSO e SUPER divertido. Conheci fisicamente amigas que conhecia apenas virtualmente, e posso dizer que elas superaram as expectativas. Parecia que éramos amigas há anos. Quero agradecer a hospitalidade dos anfitriões: Alessandra Gasparini (linda, simpática, MIGADINFÂNCIA) e Marcelo (nosso cozinheiro, lindo por dentro e por fora), que além de nos fazer sentir em casa, se mostraram pessoas sensíveis e carinhosas. Amei conhecer também a amiga Camila Castro (nosso superego), Rosy Carvalho (a alegria da festa), Luciane Ortonhez (simpática e super inteligente), Débora Deby (um coração único e uma amizade incondicional), Raphaella Fernandes (a melhor "aborrecente" que já conheci, amei ela). Além das amigas que dormiram lá, também conheci a Simone Ruggi (uma ruiva mais que especial, querida e carinhosa), Edilene (menina delicadinha, que não conhecia ainda, mas gostei de conhecer) e a Maria Shu (MUITO simpática e com um brilho e energia muito especial). Todas elas vencedoras, pois lutam diariamente por uma vida mais saudável e feliz. Esse encontro me mostrou que é possível fazer amizades pela internet e que pessoas boas e confiáveis ainda existem!!! AMEI tudo, e muito obrigada pela companhia!!!! 

  Lambrusco para brindar!!! (pode na manutenção, pois não tem açúcar)


Marcelo preparou uma lasanha de berinjela e carne moída deliciosa!!!


São Vicente (vista do ap)

Lu, Ale e Eu


Amei conhecer vocês meninas!!!